Letícia Duarte Nov 7
O Brasil de 2019 virou a triste encarnação daquele velho ditado: “nada é tão ruim que não possa piorar”.